Uma das grandes bênçãos da vida é a experiência que os anos vividos nos concedem.

Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.

Hoje, mais um a janela se abre diante de seus olhos,

mais um espinho foi retirado da flor, restando apenas a beleza de tão bela data.



Os sintomas da felicidade se traduzem do otimismo, na fé,

na esperança tenho empenho por se ser melhor a cada dia.



Continue firme pelos caminhos da virilidade e suas verdades.



Continue trilhando pelos vales da vida, pois um dia encontrarás o mais belo jardim,

o jardim que representará a realização de seus maiores sonhos.



Que Deus te ilumine, todos os dias de sua vida.

Feliz Aniversário!

Traços da vida.

        Leliane Alencar









Ontem, folheando o livro da minha vida, surpreendi-me com tantos fatos que ocorreram e

que de certa forma hoje me parecem tão recentes.

Mas, já se foram há muitos anos.

Alguns me comoveram, outros me trouxeram saudades, outros me incomodaram

aoserem relembrados.

Vi que em pouco tempo uma enorme fatia da minha vida foi tomada por ele,

o Senhor tempo, sem que eu percebesse a rapidez de como tanta coisa em minha vida

havia se transformado em passado.

De certa forma vi em mim o amadurecimento que adquiri

e que até então não havia percebido.

Revivi momentos da minha infância, juventude e maturidade.

E vi como o tempo corre veloz que nem dá tempo de podermos parar prá pensar.

Mas, nós nem percebemos.

Foi então que olhei meu rosto no espelho e vi o que o tempo foi capaz de fazer com ele.

Todos os os meus sorrisos, todas as minhas lágrimas, ficaram marcados em minha face.

Tudo que vivi, sorri e sofri, estava desenhado no espelho.

Procurei aquela menina que fui ontem, com um vestido de crepe vermelho,

em uma festa em que fui tão feliz , pois

esbanjava ingenuidade aos meus 13 anos e dizendo que o ano de 2000 estava tão longe e

que talvez eu nem o alcançasse...

Aquela beleza, os olhos cheios de briho, coração de um anjo, foi sumindo

e desapareceu de repente da minha lembrança.

Senti saudades.

Aquela menina, passeou pela vida e aprendeu que sofrer faz parte da vida,

que ser forte é preciso e que perdas acontecem

e que o tempo não vai parar por isso.

Hoje, mulher madura, rosto amargo, coração machucado.

Tudo que eu queria era ser feliz,

mas também aprendi que felicidade vem aos lotes,

duram pouco tempo e é preciso

às vezes abraçar a felicidade com força,

porque mal ela vem, já se despede.

A liberdade ficou meia que travada entre uma responsabilidade e outra,

unida ao amadurecimento que não nos deixa ousar,

atrever e nem mais sonhar.

Meus dias se tornaram sem sentido devido ás lagrimas que foram derramadas

em meio a perdas, perdas e perdas.

As lágrimas ficaram escassas,

meu semblante modificou, está mais triste.

Etendo melhor as minhas dores, meus anseios e desejos

e como se não bastasse, ainda espero o tempo de paz.

De repente me deu uma vontade de ir embora.

Mas, para onde? E porque?

Repreendi o espelho

Odiei ter de aceitar que aquela que estava ali,

era a mesma menina do vestido de crepe vermelho,

que ficou esquecida em uma passado distante, só que agora ,

madura, marcada pelos traços que a vida nos dá.

Segredo



A tarde está sombria.

Não vejo o Sol. Não vejo o dia.

No meu coração agora é noite.

Há tristeza em mim, falta-me alegria.

O escuro da noite castiga meu peito.

Meu coração tristonho, fica sem jeito

pela dor dessa saudade.

Olho pela janela e o que vejo lá fora?

Somente tua ausência que me faz chorar.

Lá fora, há flores, pássaros, a natureza...

Mas isso não ameniza minha dor,

nem diminui minha tristeza.

Recolho-me dentro de mim, sentindo com amargura,

toda dor que alguém consegue suportar.

É domingo e eu não sei sorrir nesse dia.

Como se domingo fosse um dia especial...

Nenhum dia será especial, se tu não estiveres comigo.

Quando a noite avança, mais tu se distancias de mim.

Tenho a certeza que não te verei.

Não te tocarei.

Não te terei.

Olho o teto do meu quarto, fingindo negar o meu desejo.

reclamo por tanto te amar e só lhe ter em meus pensamentos.

Fico a sua espera todas as noites,

mesmo sabendo ser em vão.

Meu corpo reclama tua falta.

Meus braços querem te abraçar,

meus lábios querem te beijar,

minhas mãos em vão ficam a te buscar.

Na cama vazia te anseio, te desejo e choro por você.

Você que ignora todo o meu amor,

Você, que nem imagina,

que todos os dias morro um pouco...

de tanto e tanto te amar.



     
O vídeo da Mariza foi citado no perfil do Orkut do amigo Ricardo e fui conferir. Não pensei que eu também fosse ficar emocionada como fiquei e nem sabia que ia me arrepiar ao ver a emoção tão forte, tão grande que ela colocou na cançao,com tanto sentimento. Só sendo sensível, como eu sou e acho até quem não é muito sensível, vai se tocar com este fado. Mais precisamente com este momento da Mariza, nova Diva da canção portuguesa. e se você estiver longe da "gente da sua terra", assim como eu, mais ainda gostará.



 
Blogger Templates