É meu e vosso este fado
Destino que nos amarra
Por mais que seja negado
Às cordas de uma guitarra

Sempre que se ouve o gemido
De uma guitarra a cantar
Fica-se logo perdido
Com vontade de chorar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi

E pareceria ternura
Se eu me deixasse embalar
Era maior a amargura
Menos triste o meu cantar

Ó gente da minha terra
Agora é que eu percebi
Esta tristeza que trago
Foi de vós que recebi
barrinhas photo:  78b.gif


barrinhas photo:  78b.gif



Perder o amor  
(Massimo Raniere)

E agora... vá embora.
Eu quero ficar sozinha com a melancolia
Voar em seu céu
Eu nunca perguntei quem era e porque me escolheu
Eu, que até ontem acreditava ser uma rainha
Perder o amor, quando se faz a noite
Quando por entre os fios de cabelo
A prata começa a aparecer
Corro o risco de ficar louca ou explodir o coração
Perder o amor e ter vontade de morrer
Deixa-me gritar, renegar aos céus,
Atirar pedras em todos os sonhos ainda em vôo
Os farei cair um por um
Partirei as asas do destino
E te terei perto de mim
Entretanto, eu te entendo e admito que errei
Eu quem fazia tudo que você queria
Sabe lá Deus o que eu esperava
E agora o que resta de todo o tempo juntos
É uma mulher tão sozinha que ainda te ama
Perder o amor
Quando se faz a noite
Quando no alto do rosto há uma ruga que não existia antes
Insista na razão se faça de indiferente
Até você perceber que isso não leva a nada
Eu queria tanto te falar!
Sufocar os céus!
E bater a cabeça mil vezes contra o muro
Respirar forte seu travesseiro
E dizer que é tudo culpa do destino
Se não o te tenho perto de mim
Perder o amor, maldita noite
Que recolhe as ruínas de uma vida imaginária
Pense que amanhã é um novo dia
Mas você repete que não esperava isto
Que não esperava por isso
Atirar pedras em todos os sonhos ainda em vôo
Os farei cair um por um
Partirei as asas do destino
E te terei perto de mim

Perder o amor...


barrinhas photo:  78b.gif


https://youtu.be/EibM8Febl6M
Para que quero teus beijos
 Se tu se vais mesmo assim
E de mim nem quer lembrar?
Quem vai cuidar de mim
Quando a noite cair
E me sentir sozinha
Sem ter você aqui?
Já parou pra pensar
Que um dia, qualquer dia
E esse dia vai chegar
E esse dia sempre chega...
Você vai  voltar
E eu não estarei mais aqui?
 E o que vai poder me dar?
 Seja lá o que for
 Eu não mais poderei receber.
E apenas o silêncio de minha ausência
É o que tu terás pra se apoiar
Talvez até mesmo
 A solidão por perto
Porque eles dois vão partir um dia
E hão de viver suas vidas
Desgarrados e livre de nós.
E tu? Com quem vai dividir sua tristeza?
 Eu dividia comigo mesma
Mas é você?
 Estará preparado?
Não quero que fique por pena
Nem que se sinta mal
Mas eu nunca escondi de você
Que odeio essa tua ausência forçada
E esse desprezo pelo que é mais importante no mundo:
A pessoa que a gente ama!
Mas se um dia você voltar
E eu não estiver mais aqui
Proíbo a você de derramar uma lágrima
Mesmo que pequenina
Mesmo que nem a notem
Mesmo que seja verdadeira
Proíbo de se sentir triste
Porque isso, não é seu jeito de agir.
Não chore!
Não grite!
Não se desespere!
Apenas ore e peça a Deus Perdão por todas as vezes que se foi.
Porque você sabia que um dia
Qualquer dia mesmo
E esse dia sempre chega
Já não me encontraria na sua volta
E de que adianta não ter tido vontade de não partir,
Se partiu? Enão querer me magoar? Se sempre me magoou De que adianta se arrepender de ter me feito infeliz? Se fui a vida toda em cada ida sua? Conforma e não chora. Porque pior que o arrependimento de ter feito alguém sofrer É ter a certeza de que você poderia ter evitado, Mas nunca fez! Então aceite e abaixe.a cabeça.
Mas por favor, não chore.



Todas essas canções são simplesmente lindas e tristes e eu sinto que em algum momento da vida eu já as vivi e sofri e por isso são tão marcantes!

barrinhas photo:  78b.gif









EU TE AMO TANTO, TANTO   
( CARUSO)  COM LARA FABIAN

AQUI ONDE O MAR BRILHA
E ONDE SOPRA FORTE O VENTO
SOBRE UM VELHO TERRAÇO
EM FRENTE AO GOLFO DE SORRRENTO
UM HOMEM ABRAÇA UMA MULHER
DEPOIS DE TER CHORADO
DEPOIS LIMA A VOZ
E RECOMEÇA O CANTO
EU TE AMO TANTO MAS TANTO, TANTO, SABE?
É UMA CORRENTE QUE FAZ O SANGUE QUEIMAR NAS VEIAS, SABE?
VI LUZES AM ALTO-MAR
E LEMBREI DE NOITES LÁ NA AMÉRICA
MAS ERAM SÓ LANTERNAS A BRILHAR
NO RASTRO BRANCO DE UMA HÉLICE
SENTIU A DOR NA MÚSICA
SE LEVANTOU DO PIANO
MAS VENDO A LUA SURGIR ATRÁS DE UMA NUVEM
ATÉ A MORTE LHE PARECEU MAIS DOCE
OLHOU FUNDO NOS OLHOS DA MULHER
AQUELES OLHOS VERDES COMO O MAR
DE REPENTE VIU ESCAPAR UMA LÁGRIMA
E PENSOU ESTAR SE AFOGANDO
EU TE AMO TANTO, TANTO
MAS TANTO, TANTO, SABE?
É UMA CORRENTE QUE FAZ O SANGUE QUEIMAR NAS VEIAS, SABE?
QUE PODER É ESSE DA ÓPERA
ONDE TODO DRAMA É FALSO?
ONDE COM UM POUCO DE REPRESENTAÇÃO E MAQUIAGEM
PODEMOS NOS TRANSFORMAR EM OUTRO
ENTÃO FICA TUDO TÃO PEQUENO
ATÉ AS NOITE LÁ NA AMÉRICA
VOCÊ SE VIRA E VÊ TODA A SUA VIDA
NO RASTRO BRANCO DE UMA HÉLICE
MAS EU TE AMO TANTO TANTO
MAS TANTO, TANTO, SABE?
É UMA CORRENTE QUE FAZ O SANGUE QUEIMAR NAS VEIAS, SABE?
barrinhas photo:  78b.gif



barrinhas photo:  78b.gif


Homenagem ao Dia das Mães


Mesmo que nunca venha gerá-lo.
Toda mulher é mãe.
Primeiro da boneca. 
Mais tarde do irmãozinho.
Casada, é mãe do marido, antes de sê-lo dos filhos.
Sem filhos, será mãe adotiva ou madrinha.
Entregará a alguém os benefícios do seu amor.
Os sobrinhos, os filhos alheios, talvez uma justa causa.
Joana D´Arc foi mãe de sua causa e por ela morreu queimada, como qualquer mãe morreria por seu filho.
Quantas mulheres, que a vida não escolheu para a maternidade de seus próprios filhos, não se tornaram mães das próprias mães?
Quantas? Ou do pai ou do avô.
Não importa se você é aquela amigona que sempre adivinha o que sua amiga precisa.
Ou a titia coruja que sempre leva a sobrinha ou o sobrinho ao cinema e os enche de pipoca e refrigerante.
Pode ser aquela irmã mais velha, que sempre cuidou do irmãozinho ou da irmãzinha como se soubesse todos os truques de mãe.
Ou então a avó que mima e faz todas as vontades do neto só para ver aquele sorrisinho singelo em seu rosto.
E até mesmo a mãe de verdade, que consegue ser filha, tia e avó ao mesmo tempo e mais um pouco.
Não importa qual o seu estilo de ser mãe.
Dentro de você existe um sentimento que te faz abrir mão de certas vontades só para fazer alguém feliz.
A maternidade é irreprimível.
Como uma fonte de água que uma pedra obstrui, ela vai brotar mais adiante.
Na guerra, a mulher é mãe dos feridos, mesmo que usem outras bandeiras e vistam outro uniforme.
A maternidade não tem fronteiras, não tem cor, não tem preferências.
É das poucas coisas que bastam a si próprias.
Tem a sua própria religião. Tem a sua própria ideologia.
Causa, origem, começo.
Um carinho que preenche teus espaços vazios com um cuidado que, por muitas vezes, parece dar sentido à sua vida.
Um sentimento único que só você tem e talvez só você entenda.
Parabéns a você e a todas as mulheres que têm um pouco de mãe.
Toda mulher é mãe.
 
 (desconheço o autor)


barrinhas photo:  78b.gif

Você diz que ama a chuva...
mas você abre seu guarda-chuva quando chove. 
Você diz que ama o sol, 
mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. 
Você diz que ama o vento, 
mas você fecha as janelas quando o vento sopra. 
É por isso que eu tenho medo. 
Você também diz que me ama.“

(William Shakespeare) 
 
barrinhas photo:  78b.gif
 
 
 
 
Amargura
 
Sei o que sinto hoje.
E sei, não é o mesmo de ontem.
O ontem do meu passado não era igual.
era mais forte e mais profundo o que eu sentia.
Nem de longe era igual o que sinto agora.
O que sinto hoje é também um sentir amargurado,
 e não tão amargurando quanto ontem.
Aquele amargor que ficou no passado,
passou e ficou menos amargo.
mas continua amargo...
 Queria que essa amargura passasse.
mas ela não passa.
suaviza com o tempo eu sei
e me acompanha faz tempos.
Não sai de mim, virou minha companhia.
Amargura é tão triste quanto mágoa.
A gente não pede para ter,
não compra, não solicita e nem tão pouco
se implora que se tenha.
ela simplesmente se faz
em algum momento, em nós, 
na nossa vida.
e depois, 
ela mesmo resolve ou ir embora
ou ficar sempre ao nosso lado.
A minha amargura não é minha
foi alguém que me deixou
e deixou ela comigo.
e como não sou forte,
 ela acabou entranhando em mim, 
no meu viver, 
na minha alma 
e da minha alma fazer parte.
É minha agora essa amargura
e essa vida amargurada
que não sei como resolver.
mas já aprendi como com ela conviver.
O que é uma pena.
 
barrinhas photo:  78b.gif
 
Leliane Alencar   


Homem e A Mulher 
 O homem é a mais elevada das criaturas; 
A mulher é o mais sublime dos ideais.
O homem é o cérebro; A mulher é o coração. 
O cérebro fabrica a luz; O coração, o AMOR. 
A luz fecunda, o amor ressuscita. 
O homem é forte pela razão; 
A mulher é invencível pelas lágrimas. 
A razão convence, as lágrimas comovem. 
O homem é capaz de todos os heroísmos; 
A mulher, de todos os martírios. 
O heroísmo enobrece, o martírio sublima. 
O homem é um código; A mulher é um evangelho. 
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa. 
O homem é um templo; a mulher é o sacrário. 
Ante o templo nos descobrimos; 
Ante o sacrário nos ajoelhamos. 
O homem pensa; a mulher sonha. 
Pensar é ter , no crânio, uma larva; 
Sonhar é ter , na fronte, uma auréola. 
O homem é um oceano; a mulher é um lago. 
O oceano tem a pérola que adorna; 
O lago, a poesia que deslumbra. 
O homem é a águia que voa; 
A mulher é o rouxinol que canta. 
Voar é dominar o espaço; 
Cantar é conquistar a alma. 
Enfim, o homem está colocado
 onde termina a terra; 
A mulher, onde começa o céu
 
 
Victor Hugo
 


barrinhas photo:  78b.gif













barrinhas photo:  78b.gif
       Leliane  Alencar
          12/01/2015
barrinhas photo:  78b.gif







barrinhas photo:  78b.gif

barrinhas photo:  78b.gif

 
Mulheres
Certo dia parei para observar as mulheres
e só pude concluir uma coisa:
elas não são humanas. São espiãs.
Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.
Pare para refletir sobre o sexto-sentido.Alguém duvida de que ele exista?
E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você?
E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?
E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco?
Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo.
Ela fala pra você levar um casaco, porque "vai fazer frio".
Você não leva. O que acontece?
O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar.
O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!"
Leve um sapato extra na mala, querido.Vai que você pisa numa poça..."
Se você não levar o "sapato extra", meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro.
Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...
O sexto-sentido não faz sentido!
É a comunicação direta com Deus!
Assim é muito fácil...
As mulheres são mães!
E preparam, literalmente, gente dentro de si.Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?
E não satisfeitas em ensinar a vida elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em "praga de mãe", "amor de mãe", "coração de mãe"...
Tudo isso é meio mágico...
Talvez Ele tenha instalado o dispositivo "coração de mãe" nos "anjos da guarda" de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).
As mulheres choram. Ou vazam?
Ou extravasam?
Homens também choram, mas é um choro diferente.
As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar,
um não sei quê de fragilidade,
um não sei quê de amor,
um não sei quê de tempero divino,
que tem um efeito devastador sobre os homens...
É choro feminino.
É choro de mulher...
Já viram como as mulheres conversam com os olhos?
Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar.
Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar.
E apontam uma terceira pessoa com outro olhar.
Quantos tipos de olhar existem?
Elas conhecem todos...
Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens!
E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.
EN-FEI-TI-ÇAM !
E tem mais!
No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas?
Para estudar os homens, é claro!
Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...
Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara.
Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era "um continente obscuro".
Quer evidência maior do que essa?
Qualquer um que ama se aproxima de Deus.
E com as mulheres também é assim.
O amor as leva para perto dEle, já que Ele é o próprio amor.
Por isso dizem "estar nas nuvens", quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor.
E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida.
Pena que eles nunca verão as mulheres-anjos que têm ao lado.
Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo.
Mas elas são anjos depois do sexo-amor.
É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos.
E levitam.
Algumas até voam.
Mas os homens não sabem disso.
E nem poderiam.
Porque são tomados por um encantamento que os faz dormir nessa hora."
Luis Fernando Veríssimo
barrinhas photo:  78b.gif
 
Blogger Templates