O agrião para ser utilizado, deve estar bem freco, bem verdinho e ser bem lavado. Designada como a planta da saúde do corpo por suas inumeras propriedades. Rica em vitaminas e sais minerais, contém ferro, fósforo, cálcio e iodo. É usado como depurativo, diurético, estimulante e antitérmico. Indicado ainda contra afecções dermatológicas como a acne, sarda e dermatose.

Atua sobre o sistema nervoso, pois estimula os astênicos, fortalecendo a memória e elevando a moral e auto-estima dos deprimidos. Atua também como antiespamódico e antiácido, sendo empregado no tratamento de problemas digestivos, sobretudo em afecções que acometem o fígado. É também anti-séptico, colagogo, diurético e cicatrizante. O óleo de alecrim misturado ao azeite de oliva é utilizado em massagens contra o reumatismo.

GOSTOU DESTE GIF? No site Belas Mensagens tem centenas! CLIQUE AQUI E CONFIRA

Estive no Rio em Janeiro e reencontrei com vários amigos e parentes que eu não via há muito tempo. Teve gente que vi quando ainda eram crianças e hoje já são rapazes e moças casados, com filhos da idade que eles estavam quando eu os vi pela última vez. Foi tudo muito lindo, aquele reencontro, cheio de abraços, beijos e saber que muita gente tinha saudades de mim e que me guardavam em seus corações como uma pessoa especial, querida. Assim como eu, ele tinham muitas saudades, afinal foram 16 anos que eu não os via. Mas, tive um momento de angústia e tristeza porque nem todos estavam lá. Alguns já haviam morrido e não tinha como reencontrá-los. A parte do crescimento e amadurecimento daqueles jovens que eu perdi e não estive por perto, me entristeceu profundamente. Olhava para eles e estavam todos ali. Crescidos, criados, bonitos e felizes mesmo sem mim. Senti um aperto, porque de repente me veio às cenas antigas na minha mente de tudo que ficou para trás e que eu perdi. Senti como se fosse apenas mais uma lembrança das vagas lembranças que todos tinham. E o que eu queria? Fazer voltar o tempo? Receber de todos a mesma atenção de outrora? Não posso mais. Essa fase já se passou. Os laços mais apertados se afrouxaram e o bem-querer que me tinham, já não mais existia com a mesma intensidade. Senti que faltou algo. Um calor maior, um abraço mais apertado. Uma emoção talvez maior. Não culpo ninguém por ter se esquecido de mim, porque eu apenas sentia saudades mas não procurei matar essa saudade com a mesma força de que ela me castigava. Ninguém sabe, mas eu sofri por isso. Por mais que eu tenha tentado me adaptar a nova cidade em que fui morar, por mais bonita que fosse, por mais que eu trabalhasse, nada me alegrava. Apenas quando meus filhos vieram é que meus pensamentos se voltaram mais para eles e de certa forma essa saudade amenizou. E a vida se passou, passando todos os momentos em que não estive presente. Todas as festas das quais não participei,todos os nascimentos que não presenciei, todas as alegrias que não compartilhei, vieram em minha mente e só fiz lamentar. Tudo aconteceu e eu não vi. Não abracei quem eu queria, não chorei junto com quem precisava, não cumprimentei quem deveria. Mesmo assim eu nunca os esqueci um minuto sequer. Nunca deixei de suspirar fundo e lamentar por todos os momentos bons e ruins que deixei de comparecer. Só peço que eles saibam que, chorei sim, me alegrei sim, vivi sim, tudo que passaram e eu não pude estar presente. E por mais que essa distância nos afaste, nada nem ninguém me faz esquecê-los e eu jamais deixaria de partilhar emoções com as pessoas que tanto amo. E cada tio, cada tia, cada primo, cada prima, cada sobrinho, cada sobrinha, cada amigo, cada irmão, cada cunbhada e cunhado, quero que todos saibam, que sem exceção, cada um é um pedacinho do meu coraçao despedaçado.

Às 0h28 deste sábado, o juiz Maurício Fossen leu a decisão dos jurados। Sete pessoas, três homens e quatro mulheres, que foram incumbidos de decidir o futuro do casal। Cinco deles jamais haviam participado de um júri।

Quase dois anos se passaram, período em que Nardoni e Jatobá sempre negaram a autoria do crime। Neste sábado, o casal sai do Fórum de Santana, na Zona Norte de São Paulo, direto para o presídio de Tremembé.

Enquanto a leitura da sentença era feita pelo juiz, Nardoni, de 31 anos, e Anna Jatobá, de 26 anos (coincidentemente o mesmo tempo de sentença dado a cada um dos réus), choraram। Do lado de fora do fórum, quase três minutos de explosões de fogos de artifícios se seguiram।

O advogado de defesa Roberto Podval recorreu da decisão logo após o anúncio do veredicto - o casal não terá o direito de aguardar em liberdade.

Reprodução

Isabella e a mãe: júri decide se pai e madrasta são inocentes ou culpados

O início do julgamento do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados de matar a menina Isabella, começou às 14h17. O sorteio dos jurados já foi realizado, após atraso de mais de uma hora. Previsto para iniciar às 13h, 40 minutos depois o advogado de defesa do casal Roberto Podval ainda se reunia com o juiz Maurício Fossen, debatendo informações sobre o processo e sobre a escolha das testemunhas a serem ouvidas, informou a assessoria do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Isabella de Oliveira Nardoni, de 5 anos, foi morta na noite de 29 de março de 2008. A perícia concluiu que a menina foi atirada do sexto andar do prédio onde moravam seu pai, Alexandre, sua madrasta, Anna Carolina, e dois filhos pequenos do casal, na Vila Isolina Mazzei, zona norte de São Paulo. O crime comoveu o País e ganhou grande repercussão.

O julgamento que se inicia hoje deve durar de quatro a cinco dias. Alexandre e Anna Carolina estão desde maio de 2008 em presídios em Tremembé, no interior paulista. Os réus já perderam 11 decisões de habeas-corpus nas três instâncias da Justiça. Eles alegam inocência.

De acordo com as investigações, foi encontrado um rastro de sangue que começava na porta de entrada do apartamento do casal, passava pela sala, onde havia vestígios de uma poça grande, seguia pelo corredor de acesso aos dormitórios e terminava no quarto dos irmãos da vítima.

Segundo mostram os laudos, também havia sangue na maçaneta e no interior do carro da família. Outras marcas foram encontradas na tela de proteção e no parapeito da janela do quarto dos meninos. A tela estava cortada. Os laudos mostram ainda indícios de que Isabella foi espancada antes da queda.

Na versão do casal Nardoni, Alexandre chegou com os filhos, desligou o carro e subiu primeiro com Isabella no colo, que estava dormindo. Depois de deixar a filha na cama ele conta que voltou até a garagem para ajudar Anna Carolina com os dois meninos. Ao voltar para o apartamento, Alexandre afirma que encontrou a porta aberta, a tela de proteção cortada e a menina caída no gramado do Edifício London.


Argumentos

Para o promotor de Justiça, Francisco José Cembranelli, um dos responsáveis pela acusação no caso, o pai e a madrasta são culpados pelo crime. "É o que a prova mostra. A prova os compromete. Essa é a verdade nua e crua", disse ele, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo de ontem. De acordo com a denúncia do promotor, a menina foi estrangulada pela madrasta e arremessada pelo próprio pai. "Isabella foi muito agredida e acabou defenestrada depois de uma sucessão de atos cometidos pelos acusados", afirma Cembranelli.

Já para o advogado Roberto Podval, "não há absolutamente como condenar nenhum dos dois". Ontem ao mesmo jornal, ele disse que o crime virou um espetáculo da Idade Média. "Parece aquelas mortes apregoadas em praça pública. As pessoas gostam de ver sangue. Não há preocupação de se fazer justiça, mas de vingar a morte da menina." Ele conta que o caso "está pautado na perícia que, desde o primeiro momento, parte da culpa do casal para chegar ao resultado". Em sua opinião, não será possível um julgamento justo e honesto.

Como será o Julgamento:
Júri popular: entenda como será decidido o destino do casal Nardoni
O julgamento que irá decidir se Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá são inocentes ou culpados pela morte da menina Isabella começa nesta segunda-feira (22/3). Acusados de matar a menina, de 5 anos, em março de 2008, o casal será submetido ao júri popular, previsto em crimes contra a vida. Entenda como funcionará a dinâmica entre as quatro paredes no Fórum de Santana, em São Paulo, onde será realizado o julgamento, sob o comando do juiz Maurício Fossen, do 2º Tribunal do Júri.

A partir das 13h desta segunda, estarão reunidos os réus; as 24 testemunhas convocadas por defesa e acusação; o promotor do caso, Francisco Cembranelli; o advogado de defesa, Roberto Podval; e os jurados, sorteados entre as 40 pessoas já chamadas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (17 homens e 23 mulheres, maiores de 18 anos e sem antecedentes criminais).
Um novo sorteio reduzirá os convocados a 25 pessoas. Em seguida, será sorteado o conselho de sentença, formado por sete pessoas — os demais são dispensados. Defesa e acusação podem recusar três jurados cada.
Os responsáveis pela sentença do casal ficarão incomunicáveis durante o julgamento, que pode durar cinco dias.
Os designados para participar do júri são pessoas do povo. Segundo o ex-juiz Luiz Flávio Gomes, o magistrado pede nomes a associações de diferentes áreas, geralmente de classe, como bancários, comerciários, arquitetos, engenheiros, etc.
Uma vez escolhidos os sete jurados, eles não podem conversar entre si sobre o assunto e são obrigados a permanecer em local isolado nos próximos dias de julgamento, que pode durar cinco dias. Eles dormirão no próprio Fórum de Santana ou no da Barra Funda.
Por conta do grande número de testemunhas, o juiz que preside a sessão reservou o plenário para uma semana.
Serão apenas 77 lugares para assistir ao julgamento do ano, 20 deles reservados para a imprensa. Como há em torno de 50 veículos de comunicação cadastrados para cobrir o julgamento, haverá revezamento entre os profissionais.
As cadeiras do plenário serão divididas entre público, MP, defesa, imprensa e familiares da vítima e dos réus. Haverá uma ambulância, médico e enfermeiro prestando serviços.


Leia mais sobre o Caso da menina Isabela clicando aqui:  Caso Isabella
     Esse poema é interessantíssimo, porque se você ler assim como está de cima para baixo, tudo fica como está, porém se você ler de baixo para cima o texto se modifica e desmente tudo que foi dito de cima para baixo.
     Maravilhoso!
     Será que ela fez de propósito?



Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...
              
                                                                                      Clarice Lispector




Vamos falar de Páscoa?
O domingo mais esperado do ano, para milhares de pessoas no mundo, está chegando!
É o momento mais gostoso, mais delicioso e que também tem forte significado.
Mas, a maioria pensa só no chocolate, nos bombons, nas delícias que este dia traz.
É difícil realmente falar de páscoa sem falar de chocolate.
Ótimo para quem gosta, para quem recebe, para quem pode consumir.
Mas, fora toda essa deliciosidade, sabe o que realmente significa a Páscoa?
Talvez se fizermos uma pesquisa de ruas o resultado vai deixar a desejar.
Então vamos falar de Páscoa, com seriedade para sabermos realmente o siginificado direitinho e não pagarmso mico.
Depois sim, vamos aos chocolates.
A Páscoa é a mais importante festa da cristandade. Comemora-se a ressurreição de Jesus Cristo.
A partir dela, todas as outras datas do calendário são estabelecidas.
Os cristãos passaram a festejá-la no primeiro domingo depois da primeira lua cheia do outono (no hemisfério sul).
Dois dias antes do domingo de Páscoa é sexta feira Santa.
Quarenta dias antes é a Quarta-feira de Cinzas e, portanto, 43 dias antes, o Carnaval.
Há ainda cristãos no mundo inteiro que a partir da quarta-feira de cinzas, guarda jejum de carne vermelha até o domingo da Páscoa (esse periodo se chama Quaresma)
e enfim, no Domingo de Páscoa,
quando é comemorada o Renascimento de Cristo, faz-se grandes festas e há a troca de ovos de páscoa e um almoço com vinho e carne.
Qual a Origem do Ovo de Páscoa?

Mensagem

O ovo é considerado a mais perfeita embalagem natural.
Em diversas culturas também simboliza o começo do universo.
Os sacerdotes druidas escolheram o ovo como símbolo de sua seita.
Outra corrente assegura que o ovo é símbolo pascal inspirado no costume chinês de colorir ovos de pata, para celebrar a vida que deles se origina. Ovos eram cozidos e comidos durante os festivais do antigo Egito, Pérsia, Grécia e Roma.
Coloridos, eram presenteados para celebrar a chegada da florida primavera, depois do inverno branco no Hemisfério Norte. Estas culturas tinham o ovo como emblema do universo, a palavra da suprema divindade, o princípio da vida. Vários costumes associados à Páscoa não existiam até o século XV. Acredita-se que os missionários e os cruzados trouxeram para a Europa Ocidental o costume de presentear com ovos.
Na época medieval, eram pintados de vermelho para representar o sangue de Cristo. Os cristãos adotaram esta tradição e o ovo passou a ser o símbolo da tumba da qual Jesus ressuscitou. Ovos de chocolate começaram a aparecer no século XVII.
Ovos de plástico recheados de ovos de chocolate ou bombons surgiram na década de 60.
*_*_*_*_*_*
texto e imagens retirados do site:http://www.belasmensagens.com.br



De vez em quando recebo mensagens interessantes, 
Outras engraçadas, enfim cada uma tem um tema, uma idéia. 
Tem mensagens que não dizem nada. Não acrescentam nada.
São só um monte de blá, blá, blá, palavras sem sentido e sem graça.
Mas em compensação de uma hora prá outra as coisas melhoram
e começam a aparecer boas idéias, bons temas, bons artigos.
Fuçando um blog e outro consegui encontrar muita coisa boa para ler e até para me erguer.
Minha auto estima deu um tranco e comecei a repensar na vida.
Consegui de uma hora prá outra, me encorajar a tomar uma decisão que fizesse mudar minha vida.
Pelo menos eu espero que mude muito, mas que mude pro lado positivo,
porque tudo que tenho feito até agora é muito parecido com o que sempre fiz.
Sou muito obediente, séria, fiel e isso não me trouxe benefícios até onde eu sei.
Portanto resolvi teimar. Desenhar um sonho e realizá-lo.
Não é dar murro em ponta de faca e ficar insistindo em coisas que vivem dando errado, não.
É que eu tenho a mania de sonhar um pouco alto.
Sonho muito além do que eu conseguiria realmente alcançar.
Não estou falando de coisas materiais.
Esses seriam apenas conseqüência de projetos acabados.
São sentimentos e vontades em todos os aspectos.
que sempre que esbarro na primeira dificuldade, desisto.
Eu sempre desisto de buscar o melhor prá mim.
Sempre acho que não é bem assim, que não é por aí...
Que é melhor estudar mais um pouco, repensar...
Resolvi não pensar muito, porque quem pensa muito não faz.
Por isso que eu ainda não fiz.
Tem um monte de coisas que eu deixei prá depois,
prá quando der, quando eu puder, se eu conseguir, etc...
Vou mudar de hoje em diante e falar pra mim mesma:
Eu posso! Eu consigo. Pronto.
Agora é só arregaçar as mangas e ser feliz.
Depois eu falo o que foi que aconteceu.
Quem sou eu

                    Leliane Alencar


Sou bruxa e santa.

Modesta e arrogante.

Tímida e desvairada.

Romântica e depravada.

Refinada, desbocada.

Frágil, medrosa.

Não sou muito, nem pouco também .

Sou mulher, sou criança.

Alegre, infeliz.

Amiga, inimiga.

Nunca os dois termos.

Porque sou um pouco de cada vez.

Dependendo da situação.

Dependendo da pessoa presente.

Dependendo do meu humor.

Dependendo da minha paciência.

Mas uma coisa é bem certa.

Sempre sou a Leliane.

-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-




Faça dos seus pensamentos a força de que estás precisando.

Esqueça as coisas ruins e limpe a mente cultivando somente bons pensamentos.

Acredite no sucesso total, não imagine obstáculos na sua mente.

Tudo que uma pessoa é capaz de planejar, ela é capaz de realizar.

Tenha fé, otimismo e ação.

Sua vida só você a vive.

Portanto goste mais, acredite mais e seja feliz.

Procure plantar semente de amor e otimismo na sua vida e colherás sempre maravilhosos frutos

Eu acredito em você!

                                              

       De todos os escândalos políticos dos quais tive notícias e acompanhei, nenhum deles me entristeceram tanto quanto o "escândalo do mensalão" falado a todo momento em todos os telejornais, internet, esquinas e afins. Digo que me entristeci porque na minha concepção de ver as coisas defino todo esse "rolo" como uma rotina no meio político, que até agora não me surpreendeu em nada tudo que foi mostrado, porque sei que na verdade isso nunca vai acabar. Apenas o aspecto de ter sido filmado e mostrado na mídia é diferente, ao contrário dos outros que não vimos as imagens, apenas ficamos supondo de qual jeito teria sido feito os chamados "roubos" aos cofres públicos.
Não estou surpresa com um ou outro colocando dinheiro em bolsa, meia, cueca e até orando em agradecimento ao dinheiro vindo de modo fácil. Não me surpreendo com nada disso. Até porque nada disso é novidade prá ninguém. Todo mundo sabe que no mundo da politicagem essas coisas acontecem e é toda hora, a todo momento. Apenas não se consegue provar que o que pensamos realmente esteja sendo feito e como porque não vimos, só ouvimos falar.
E tá aí a prova de tudo isso. O melhor governador que Brasília teve desde o tempo de Juscelino está preso. Se por um lado, muitos acham que ele deveria é estar em um presídio, abarrotado de ladrões e estrupadores, eu não acho nem que ele deveria estar preso.
Eu o considero injustiçado, bem como o advogado de defesa o diz. Concordo com ele em todas as palavras quando ele tenta a todo custo mostrar a demagogia que está sendo feita em cima de Roberto Arruda. O advogado dele faz o papel dele e tenta fazer o melhor, ainda sem êxito. Ele é advogado e tem sua obrigação para tanto. Mas, eu sou apenas, eleitora, dona de casa e observadora. E mesmo assim concordo com ele.
Se observarem direito, quando manifestantes saem às ruas para pedirem que Arruda continue preso, com faixas de "fora Arruda" e aquela invasão, inclusive na Cãmara Legislativa, não é sequer 1/1000 da população do Distrito Federal. Aliás não tem o chamado povão naquele meio.
Não tem moradores de Santa Maria em peso, nem do Paranoá tão pouco que foi a cidade satélite mais favorecida no Governo Arruda. Não tem donas de casa, porque elas são gratas pelo que Arruda fez pelos seus filhos, melhorando escolas,colocando prá funcionar a escola integral. Não tem motoristas furiosos, nem policiais militares, nem civis, nem moradores de cidade satélite nenhuma revoltados ou contra ele.
Aquele grupo é uma minoria, que acredito eu, não se beneficia quando um Governador coloca asfalto numa cidade que há mais de 30 anos era de ruas esburacadas, não se beneficiam quando ele coloca rede de água e esgoto pra funcionar onde nunca houve, quando um Governador distribui lotes e casas à pessoas que há mais de 20 anos aguardam numa fila que não andava. Quando alarga ruas e avenidas que melhorarão o trânsito caótico que ora se apresenta. São estudantes na sua maioria que não sei de onde são, mas não devem ser desses lugares a que me refiro, porque não iriam prás ruas apenas atrapalharem o trânsito.
Se o Distrito Federal realmente fosse a favor de Arruda preso e fora do Governo, milhares de pessoas estariam nas ruas e não essa meia dúzia de gente que parece que não tem o que fazer.
Eu sinto muito por Arruda e lamento que somente ele esteja preso. Eu gosto dele, votei nele e acho que ele não merecia isso. Mas.. Fazer o que? Isso aqui é o Brasil de todos nós.
Essa é apenas a minha opinião. E que fique aqui registrada a minha indignação quando saio à rua e vejo pessoas que não tem o que fazer fechando ruas e rodovias para chamarem nossa atenção prá coisas que já estão sendo resolvidas.


*********************************************************************************


Caixa de Pandora




O mito da caixa de Pandora faz alusão à origem dos males que permeiam o mundo.

A caixa de Pandora é um mito grego no qual a existência da mulher e dos vários males do mundo são explicados. Tudo começa quando Zeus, o deus de todos os deuses, resolveu arquitetar um plano para se voltar contra a ousadia de Prometeu – que entregara aos homens a capacidade de controlar o fogo. Para tanto, Zeus decide criar uma mulher repleta de dotes oferecidos pelos deuses e a oferece a Epimeteu, irmão de Prometeu.

Antes disso, Prometeu recusou a jovem Pandora de Zeus temendo que ela fizesse parte de algum plano de vingança da divindade roubada. Ao aceitar Pandora, Epimeteu também ganhou uma caixa onde estavam contidos vários males físicos e espirituais que poderiam acometer o mundo. Desconhecedor do conteúdo, ele foi somente alertado de que aquela caixa não poderia ser aberta em nenhuma hipótese. Com isso, o artefato era mantido em segurança, no fundo de sua morada, cercado por duas gralhas barulhentas.

Aproveitando de sua beleza, Pandora convenceu o marido a se livrar das gralhas que lhe causavam espanto. Após atender ao pedido da esposa, Epimeteu manteve relações com ela e caiu em um sono profundo. Nesse instante, não suportando a própria curiosidade, Pandora abriu a caixa proibida para espiar o seu conteúdo. Naquele momento, ela acabou libertando várias doenças e sentimentos que atormentariam a existência do homem no mundo. Zeus assim concluía o seu plano de vingança contra Prometeu.

Logo percebendo o erro que cometera, Pandora se apressou em fechar a caixa. Com isso, ela conseguiu preservar o único dom positivo que fora depositado naquele recipiente: a esperança. Dessa forma, o mito da Caixa de Pandora explica como o homem é capaz de manter-se perseverante mesmo quando as situações se mostram bastante adversas. Além disso, esse mesmo mito explora a construção da identidade feminina como sendo marcada pela sensualidade e o poder de dissimulação.

Por Rainer Sousa
Graduado em História
Equipe Brasil Escola
 
Blogger Templates