Hoje pode ser uma quinta-feira qualquer, pode ser que seja especial , pode ser que seja chata e sem graça e não te diga absolutamente nada. Não faz mal. Não é prá ser especial para todos. Alguns acham que sim, outros não estão nem aí, mas quando nós estamos aniversariando, pelo menos comigo é assim, ficamos meio que bobos. Ficamos um pouquinho mais sensível que o normal. Ficamos fazendo uma retrospectiva da vida que já vivemos até então.
Eu faço assim porque me sinto especial neste dia e vou relembrando tudo que se passou na minha vida, tim-tim por tim-tim, coisas boas, coisas ruins, coisas engraçadas, inesquecíveis, bobas, tristes, sem graça e por aí afora.
E lá no fundo do meu baú de lembranças acabo pegando alguma coisa valiosa. É valiosa porque é uma ótima lembrança e que sempre que eu posso eu comento ela com alguém e digo suspirando: aquele foi um aniversário inesquecível. Nunca esqueci dele, porque foi muito legal e comovente.
Eu estava chegando do trabalho cansada e pensando em dormir cedo para o outro dia de batente. Era meu aniversário e quase ninguém havia me desejado felicidades, apenas a empresa em que eu trabalhava me deu um cartão porque ela dava pra todo mundo que fazia aniversário e era de praxe receber um cartão daquele. Mas, eu estava triste porque as pessoas mais chegadas, mais amadas, mais importantes para mim não haviam dito absolutamente nada.Pareceu-me que todos haviam esquecido do meu aniversário e fiquei um pouquinho tristinha. Entrei pela porta da sala e fui direto prá cozinha e falei com minha mãe que não queria jantar e que eu iria tomar um banho e dormir. Ela falou que nem pensar em dormir sem comer, que eu tratasse de descer do quarto e vir comer alguma coisa e eu insisti que não queria. Ela então me pediu para fazer um favor prá ela antes de dormir e retirasse as roupas do varal que era nos fundos da casa e como a porta estava trancada, rodei a chave e quando abri, fiquei gelada. Todas aquelas pessoas mais chegadas, mais amadas e mais importantes para mim estavam ali, reunidos, cantando parabéns prá você numa incrível e inesquecível festa surpresa. Eu estava comemorando trinta anos e nunca tinha tido uma festa surpresa, aliás nem nunca teve festa no meu aniversário. Foi muito legal, minha avó me abraçando, meus irmãos, minha mãe, Manel, Nuno, Thaís, Roberta, Vívian, pôxa, cheguei a ficar sem jeito. Me deu vontade de chorar mas eu não chorei naquele dia, mas agora depois de muito tempo longe de todos eles eu choro, principalmente quando leio o cartão que eles fizeram e que todos assinaram que eu guardo até hoje com muito amor e muito cuidado.




Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

0 comentários:

 
Blogger Templates