Bom dia meus amigos do blog. Desculpe as aparições relâmpago, mas estou fazendo tratamento de saúde e cada hora é uma novidade.Cada dia tem um exame novo pra fazer, um novo especialista pra me consultar e assim a vida vai passando e eu fico só nos finais das noites jogando games pra me distrair e depois dormir. Mas tenho que dar uma satisfação pra vocês embora seja sempre o mesmo motivo. Mas é assim mesmo. Coisas da idade. Brasilia ontem quase se acabou em água. Foi uma bagaceira só. Vocês precisavam de ver. Era tanta água digna de inveja para os paulistas. Pensei logo neles. Se chovesse como choveu aqui ontem lá perto da Cantareira o problema da água tinha sido resolvido. Duvido que não. Eu estava na rua, caminhando para o ponto de ônibus por volta das 18 horas voltando de mais uma turnê pelos consultórios médicos do Plano Piloto quando meus cabelos começaram a voar e o barro a subir devido a enorme ventania que começou do nada e não entrou terra nos meus olhos porque eu portava de um par de vidros na cara que me protegeram. O povo corria desesperado tentando se livrar da terra e papeis que voavam pela rua. Quando deu a primeira trovoada todo mundo tremeu. E reparem no detalhe que estamos no horário nojento de verão, então eram cinco horas. Ficou noite bem rápido e cadê o ônibus? Quando lembrei do guarda chuva lembrei também que ele não tava comigo. Ficou em casa, esquecido por cima da mesa, porque eu esqueço de tudo. Uns 20 minutos depois consegui sair dali e ir para a rodoviária pegar o outro baú. Aquele que me leva direto pra casa. Mas o formigueiro de gente já tava gigantesco. Já eram mais de 6 horas e todo mundo já estava ali. Filas enormes. Depois de muita luta chegou minha vez. Cheguei em casa com os cabelos em pé, suja de barro e stressada.E quando eu pensei em jantar próximo às 9 da noite aí a chuva caiu com gosto de gás. O barulho era tanto que eu gritava pra poder conversar. Aumentei o som da televisão quase no ultimo volume pra ver minha novela, que eu nem assisto todos os dias. E a chuva foi forte e contínua, varou a madrugada e só parou hoje pela manhã e quase 4 horas da manhã. Aí eu fui dormir né, dá licença. E hoje está tão fresquinho que eu vou desejar um dia tranquilinho como esse pra vocês. Fiquem em paz e aproveitem esses dias mais compridos para fazerem algo diferente. Eu volto. Podem ter certeza. Tchau. barrinhas photo:  78b.gif

0 comentários:

 
Blogger Templates