A etiqueta, embora tenha esse nome pomposo, é uma forma de viver melhor. É a comunhão, escrita e levada ao público, de regras básicas da educação familiar antiga. Segredinhos que tornavam mais simples e facilitavam a vida de todos.
     Vamos aprender de maneira mais tranqüila e simplificada possível, o que fazer em certas ocasiões e ver como uma pessoa bem informada sobre esse assunto pode ganhar muito, em casa, com os amigos e no trabalho. Vamos começar com uma festa de aniversário, porque essa festa acontece em todas as épocas do ano. Mas, especificamente de festa de crianças.
     As crianças não se conformam de passar seu aniversário em branco. Elas adoram um bolo, umas velinhas e bolas coloridas. Brigadeiro também parece indispensável. Muitos adultos, no entanto, fogem disso.

     Escolha aqui a comemoração ideal para toda a sua turma! Hoje em dia não existem mais formalidades nos aniversários de crianças e você vai ver quantas opções:
Todos prá lanchonete!
– Você diz à criança quantos amiguinhos ela pode convidar para comemorar a data na lanchonete ou no parque mais próximo. A criança escolhe os amigos. Você envia cartõezinhos para os pais comunicando o evento, pega todos à saída do colégio (se forem também vizinhos ou familiares, apanha-os antes) e pede aos pais que busquem as crianças no horário e local definidos. E, lógico, quem convida paga a festa.
Bolo no colégio
– Para não criar problemas com o horário de saída, bolo, cachorro-quente e refrigerantes, podem ser servidos aos colegas da classe na hora do recreio ou no final do período escolar. A direção da escola e a professora devem ser avisadas com uma semana de antecedência e as mães dos coleguinhas de seu filho também, para que neste dia eles não levem lanche. Se quiser incrementar o cardápio, mande também brigadeiros e outros docinhos que as crianças adoram. Cuide para que tudo chegue em ordem, não se esqueça de velas no bolo e opte se possível, por pedaços de bolo já cortados e embrulhados um a um.
Festa em casa ou no salão do prédio
- Lembre-se, em primeiro lugar, de que a festa é infantil e, portanto, deve ter mais crianças que adultos. Estes, de preferência, devem vir apenas na hora de buscar as crianças.

Sugestões de cardápio:
Salgadinhos: croquetinhos, bolinhas de queijo, batata frita e cahorro-quente. Se quiser: minissanduiches de presunto e coxinhas de frango.
Doces: brigadeiros, cocadinhas, balas de coco embrulhadas com papel coloridíssimo, bombonzinhos, gelatinas, etc.. E é claro, o bolo!
Bebidas: refrigerantes, sucos de frutas.
Importante: A festa deve ter hora para começar e hora para terminar, já que as crianças não são auto-suficientes em matéria de transportes. Cabe ao aniversariante escolher os amiguinhos. Você só deve interferir nesse assunto se o esquecimento ou briguinhas infantis criarem injustiças berrantes.
Diversão: Cada vez mais cresce o número de empresas especializadas em fazer showzinhos de palhaços e mágicos ou ainda promover brincadeiras em festas infantis.

Agora preste atenção para quando você for convidada para um aniversário de criança:

Compre um presente para o aniversariante.
Se o aniversariante tiver irmãos ainda crianças, leve uma pequena lembrança para estes.
Se ficar durante toda a festa, ajude a mãe que recebe a olhar as crianças.
Lembre-se de que quando juntos, eles fazem mil estripulias... Não se atrase na hora da chegada e, se não ficar na festa, não se atrase principalmente na hora de buscar seu filho.
Ensine-o a se comportar bem, não avançando na mesa, não brigando com outras crianças e nem correndo em meio dos adultos.
Agradeça o convite e, se puder, retribua no aniversário de suas crianças.


0 comentários:

 
Blogger Templates